Murilo Fernandes

Sempre otimista e bem-humorado, o gerente da área de segurança do trabalho, Murilo Fernandes de Oliveira, foi admitido na empresa no ano de 1989. Desde que ingressou na CAF, hoje ArcelorMittal BioFlorestas, Murilo trabalha para garantir que as atividades realizadas diariamente em todas as unidades aconteçam da maneira mais segura possível.

“Quando comecei, o maior desafio era quebrar barreiras e propiciar a aproximação entre as áreas de segurança e de produção, buscando assim a redução dos incidentes nas frentes de trabalho”, lembra. Hoje, ele se orgulha dos bons resultados alcançados pelas equipes e das certificações garantidas à empresa, como a OHSAS 18.001, ISO 14.001 e FSC.

Nascido na cidade mineira de Tocantins, região da Zona da Mata, Murilo dividia seu tempo na infância entre ajudar o pai na vendinha e o futebol com os amigos. Com 16 anos, mudou-se para Rio Pomba (MG), onde se formou técnico agrícola. “Decidi então que queria estudar mais e concluir o ensino superior”, conta. Mudou novamente de cidade e, desta vez, fez faculdade de Engenharia Mecânica na antiga PUC de Coronel Fabriciano. Logo após a conclusão do curso, Murilo se especializou em segurança do trabalho e atuou como professor em diversas escolas do Vale do Aço. “Eu fazia amizade com os alunos, o que os ajudava no processo de aprendizagem”, recorda.

Quando contratado pela CAF, iniciou coordenando as atividades de segurança nos municípios da região do Rio Doce e depois assumiu a supervisão entre as regionais. “Procuro estar nas frentes de trabalho, participando do dia a dia dos empregados. Acredito que esse acompanhamento próximo, realizado em equipe, é fundamental para alcançarmos os resultados desejados e cumprimos as normas e procedimentos”.

Além de se dedicar à empresa, Murilo gosta de passar o tempo com sua família: a esposa Maria José, conhecida por todos como Zezé, e os filhos Michelle, Mariane e Matheus. Nos finais de semana, lê jornais e revistas, faz caminhada e adora cozinhar e ajudar nos afazeres domésticos.

Atuando hoje como gerente da área de segurança do trabalho, Murilo mantém a mesma disposição e o otimismo de quando começou. “Para mim, ‘transformar o amanhã’ é buscar fazer o melhor sempre”, afirma.